Acessibilidade: +100%-

Hino

Letra: Francisco Pereira da Silva (do Centro de Letras do Paraná e Academia de Letras José de Alencar)
Música: Ivanildo Rafael

Somos filhos da terra querida
que é famosa, onde quer que se vá

Natureza imponente e garrida
que, no mundo, mais bela, não há

Nestes rios se confundem nações,
num abraço de mútuo fervor;
somos porto de mil corações,
Foz de eterno, ameríndio vigor!

Três fronteiras de pátrias amigas
Iguaçu-Paraná … que emoção!
suas águas que entoam cantigas,
rumo ao Sul, irmanadas, se vão!

Quadro eterno que os olhos fascina
eis o sol o horizonte a romper;
catadupas! Surgí da neblina,
para o mundo, outra vez, surpreender!

Sob o imenso dossel destas matas,
Sim! palpita lembrança tupi;
Tarobá, no fragor das cascatas
ainda chama, saudoso, Naipi.

Sim, mil graças por tanta beleza,
Ó Senhor! Sempre mais progredir,
que um passado de heróica nobreza,
seja o aval de um fecundo porvir!

Honra eterna aos ingentes pioneiros
deste solo, onde é grande o labor;
aqui estão corações brasileiros,
palpitando com idêntico amor!

Estribilho:
Foz do Iguaçu! Foz do Iguaçu!
Quem tua glória negará?
Onde achar maior que tu,
Esplendor do Paraná!!!

Clique nos links abaixo para ouvir a melodia:

HINO_FOZ_CORAL
HINO_FOZ_PLAYBACK

Última modificação em 14/06/2019 às 15:57